Regulamento

Regulamento do Prêmio Parceiros Voluntários 2015

Art. 1º – O Prêmio Parceiros Voluntários 2015 é coordenado pela ONG Parceiros Voluntários com a participação da Rede Parceiros Voluntários, distribuída no Rio Grande do Sul.

Do prêmio

Art. 2º – O Prêmio Parceiros Voluntários 2015 é destinado às iniciativas sociais de voluntariado, desenvolvidas a partir do Programa de Estímulo ao Trabalho Voluntário, vinculadas à Rede Parceiros Voluntários em consonância com as Crenças, Valores e Diretrizes da ONG Parceiros Voluntários.

Do foco

Art. 3º – O foco do Prêmio Parceiros Voluntários 2015 é demonstrar a força do trabalho em REDE e o seu resultado quando os vários segmentos da comunidade se unem.

Dos critérios de participação

Art. 4º – Poderão ser inscritas no Prêmio Parceiros Voluntários 2015 as iniciativas sociais desenvolvidas no Rio Grande do Sul que estejam em acordo com o Artigo 2º deste Regulamento. A iniciativa social deve:

  • Envolver os diversos segmentos da Comunidade: voluntários, empresas, escolas, organizações da sociedade civil, poder público e cidadãos beneficiários, articulados em rede;
  • Ter parceria com a Parceiros Voluntários de sua cidade;
  • Estar em atividade há um (01) ano, no mínimo;
  • Apresentar indicadores quantitativos e qualitativos;
  • Ter um método de avaliação no seu processo;
  • Apresentar impacto na comunidade;
  • Demonstrar potencial para disseminação, multiplicação;
  • Demonstrar potencial de influência em políticas públicas.

Das Inscrições

Art. 5º – As Unidades Parceiros Voluntários estabelecerão contato com as iniciativas sociais, mobilizando-as para a inscrição. A inscrição e a participação no Prêmio Parceiros Voluntários 2015, de todos os envolvidos, são totalmente gratuitas.

  • Cada Unidade Parceiros Voluntários poderá inscrever o número de iniciativas sociais que julgar conveniente, deste que atenda a este Regulamento;
  • Para a participação, deverá ser preenchida a Ficha de Inscrição acrescida do Roteiro de Descrição da iniciativa social conforme modelo junto ao final deste Regulamento;
  • As iniciativas sociais selecionadas para a 2ª etapa, regional, poderão anexar até 3 publicações e até 6 fotos que demonstrem evidências das  atividades realizadas pelas Iniciativa Social;
  • A data limite para envio da Ficha de Inscrição e do Roteiro de Descrição da Iniciativa Social para a Unidade Parceiros Voluntários de sua cidade no prazo de 31/07/2014;
  • As Unidades Parceiros Voluntários de cada cidade devem indicar até 3 iniciativas sociais para a seleção regional,no prazo de 31/07/2014.
  • As Unidades Parceiros Voluntários de cada Região devem reunir-se para deliberar sobre a formação da Comissão Regional de Voluntários Avaliadores e selecionar até 5 iniciativas sociais que representarão a Região na seleção estadual no prazo de 14/08/2014.
  • As 08 Regiões da Rede Parceiros Voluntários deverão enviar até o dia 15/08/2014 suas indicações à ONG Parceiros Voluntários para seleção estadual. Enviar para o seguinte e-mail: premio@parceirosvoluntarios.org.br

 

Do Processo de Avaliação

Art. 6º – O processo de avaliação terá três etapas:

  • 1ª etapa consiste na Seletiva Municipal: cada Unidade Parceiros Voluntários indica e reconhece localmente as iniciativas sociais que estejam de acordo com os critérios estabelecidos;
  • 2ª etapa consiste na Seletiva Regional: cada Unidade Parceiros Voluntários indica até 03 iniciativas sociais para a Comissão Regional de Voluntários Avaliadores elegerem até 05 iniciativas sociais por Região conforme a Rede Parceiros Voluntários;
  • 3ª etapa consiste na Seletiva Estadual: as iniciativas sociais indicadas pelas 8 Regiões serão avaliadas por uma Comissão de Avaliadores da ONG Parceiros Voluntários, que definirá as iniciativas sociais que serão reconhecidas pelo Prêmio Parceiros Voluntários 2015.

Dos Critérios de Avaliação

Art. 7º – Critérios de avaliação nas seletivas:

  • Atendimento aos critérios previstos no artigo 4º;
  • Clareza e objetividade do conteúdo;
  • Capacidade de articulação e mobilização com vistas à atuação em Rede;
  • Abrangência;
  • Resultados previstos e já alcançados;
  • Existência de um método de avaliação;
  • O potencial e perspectiva de aprimoramento;
  • Potencial de disseminação e multiplicabilidade;

Do reconhecimento

Art. 8° – É facultado às Unidades Parceiros Voluntários realizarem o Reconhecimento Local das iniciativas sociais, desenvolvidas em sua comunidade, as quais receberão a título de reconhecimento um Certificado da ONG Parceiros Voluntários.

Art. 9° – É facultado às Regiões da Rede Parceiros Voluntários realizar o Reconhecimento Regional das iniciativas sociais, desenvolvidas na região, as quais receberão a título de reconhecimento um Certificado da ONG Parceiros Voluntários.

Art. 10° – O ato de Reconhecimento Estadual das iniciativas sociais será feito em evento a ser realizado no dia 25/05/2015 , em Porto Alegre/RS, em local a ser divulgado.

Art. 11°– As iniciativas sociais, reconhecidas em nível estadual receberão uma escultura (que são duas mãos sobrepostas) e um Certificado da ONG Parceiros Voluntários.

  • A escultura entregue, intitulada “Prêmio Parceiros Voluntários”, é idealização do artista plástico gaúcho Cláudio Caldas Silveira, discípulo do falecido Mestre Vasco Prado, e representa o forte sentimento de solidariedade do ser humano e a certeza de que sempre encontraremos uma mão amiga.

Da Comissão Avaliadora

Art. 12° – A Comissão Avaliadora do Prêmio Parceiros Voluntários 2015 é soberana, não cabendo qualquer recurso ou questionamento de sua decisão.

 

Das Considerações Finais

Art. 13° – Ao inscrever-se, a Unidade Parceiros Voluntários e os segmentos da comunidade – voluntários, empresas, escolas, organizações da sociedade civil, poder público e cidadãos beneficiários envolvidos na iniciativa social, concordam automaticamente com a utilização de seus dados, imagens e registros concernentes à iniciativa social em execução, para divulgação, sem ônus, em publicações e na mídia em geral, pela ONG Parceiros Voluntários, em qualquer momento que seja útil ao fortalecimento do Movimento do Voluntariado Organizado.